Libras – o que é e como funciona a Linguagem Brasileira de Sinais!

Vem saber mais sobre a linguagem dos surdos e a importância da inclusão nas escolas

Publicado no dia 27 de setembro de 2018

No dia 26 de setembro, comemoramos o dia Nacional dos Surdos. Essa é uma data importante de ser lembrada na sala de aula com os estudantes e é um momento propício para explicar como funciona a Linguagem Brasileira de Sinais, assim como tirar dúvidas comuns sobre o assunto.

No texto de hoje, falaremos um pouco sobre o que é a Linguagem Brasileira de Sinais, LIBRAS, e como ela funciona de uma forma geral. Confira mais abaixo o que separamos!

Minino falando surpresa na linguagem dos sinais para surdos, em libras

Qual a diferença entre deficientes auditivos e Surdos?

Antes de explicarmos como funciona a Linguagem Brasileira de Sinais e como ela surgiu, precisamos tirar algumas dúvidas a respeito das diferenças entre Deficientes Auditivos e Surdos. São duas definições básicas e simples de compreender:

Para a medicina: Para os médicos, surdos são aqueles que possuem deficiência auditiva severa, ou seja, não conseguem ouvir, nem compreender as palavras. Já quem consegue ouvir e se comunicar por meio da fala, são considerados Deficientes Auditivos. Se enquadram nessa categoria pessoas que utilizam aparelho auditivo, por exemplo, ou que conseguem ouvir quando falamos em tons mais altos.

Para a comunidade Surda: Já para a comunidade Surda, os chamados Surdos são os que se identificam com a forma de vida dessa população em geral. Na forma mais abrangente do termo, são as pessoas que se comunicam por meio da Linguagem de Sinais e que geralmente perderam a audição na fase pré-lingual, ou seja, antes de aprender a falar de forma tradicional. Os Surdos são orgulhosos da sua linguagem e da comunidade – e não costumam utilizar outros meios de comunicação, como a leitura labial, por exemplo. Não há nada de errado em denominar alguém como Surdo, desde que essa seja a forma de identificação dele.

 

O que é a Linguagem Brasileira de Sinais – LIBRAS?

A Linguagem Brasileira de Sinais não é universal, embora alguns dos seus padrões possam ser compreendidos no mundo inteiro. Na verdade, cada país possui suas regras – muitas pessoas não sabem, mas a gramática é importante e faz parte da LIBRAS. O funcionamento, obviamente, é por meio de gestos visuais claros.

Separamos como ajuda inicial o alfabeto oficial:

alfabeto de libras para surdos

O alfabeto é o primeiro passo para começar a compreender a LIBRAS. Após essa fase, o aluno poderá aprender a formar frases simples, como a de apresentação do nome e local de nascimento.

O processo de aprendizado da Linguagem de Sinais é gradual e exige aulas constantes. Há projetos que indicam a obrigatoriedade da LIBRAS como uma maneira de inclusão dos estudantes surdos na escola e na comunidade em geral.

 

Qual a história da Linguagem Brasileira de Sinais?

A batalha para que a comunidade Surda possa ter direito a sua própria linguagem no Brasil começou por volta de 1800 e acompanhou as mudanças na França e ao redor do mundo todo. Até 2002, a LIBRAS ainda não era aceita no país como uma maneira oficial de linguagem – discriminação que causava exclusão dos surdos da comunidade em geral e das oportunidades de aprendizado.

A partir de 2002, algumas medidas foram tomadas para reparar o erro de séculos: em 2004, por exemplo, tornou-se obrigatório a legenda em LIBRAS em propagandas oficiais do governo.

A última conquista foi em 2016, quando ficou determinado que empresas de comunicação possam ter formas de atendimentos especiais para pessoas surdas e com deficiência auditiva.

Muitos avanços ainda são necessários para que haja maior inclusão da comunidade surda na sociedade em geral. É importante ter o ensino de LIBRAS nas escolas – o que será capaz de ajudar na compreensão da linguagem por todos os brasileiros. Para finalizarmos, separamos um vídeo de conversação básica em Linguagens Brasileira de Sinais:

Gostou do texto? Compartilhe!

Assine nossa lista de e-mail e fique por dentro dos eventos e novidades ;)